Aliando a iconografia e a tipografia, criou-se uma composição moderna, limpa e de fácil leitura.

O Tau surge com uma cor da natureza para criar algum dinamismo com o castanho do hábito capuchinho, também ligado à terra.

Por cima do Tau, línguas de fogo e luz, que evocam a santidade de Francisco de Assis e de tantos irmãos que nos precederam, mas também o Espírito Santo, "Ministro Geral da Ordem".

A letra "P" é prolongada de forma a acompanhar a assinatura e o pé do próprio Tau, de algum modo ganhando raízes na sã espiritualidade franciscana que dão profundidade e solidez a todo o nosso ser e ministério sem mais raízes (ou "P") desnecessárias.

Na letra O é criado um corte que faz alusão ao cordão do nosso hábito.

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos