Foi em ambiente de festa e com grande alegria que a fraternidade dos Frades Menores Capuchinhos de Laleia, Timor Leste, viveu estes últimos dias.

No dia 21 de Novembro 4 Irmãos (Angelino, António, Lourenço e Manuel) deram início ao seu caminho de noviciado, procurando conhecer melhor o Carisma Capuchinho e a vontade de Deus para as suas vidas. Estes 4 irmãos terão pela frente um ano de prova, em que irão estar mais intimamente unidos a Cristo e à Ordem de modo a que terminado esse periodo de prova possam dizer o seu SIM de todo o coração.

Também no mesmo dia o Irmão Lamberto Lisboa Soares, que por desistência havia estado fora da Ordem por dois anos, e após algum tempo de prova na fraternidade de Laleia, renovou agora os votos de obediência, sem nada de próprio e em castidade, manifestando a vontade e o desejo de voltar a viver o Evangelho seguindo os passos de São Francisco de Assis, segundo a espiritualidade Franciscana Capuchinha.

Estas duas celebrações tiveram lugar na capela da fraternidade de Laleia, com a presença dos irmãos de Laleia e Tibar.

Já no dia 25 de Novembro, festa de Jesus Cristo, Rei do Universo, outros 4 Irmãos (Frei Danilo, Frei Jerónimo, Frei Joanico e Frei Timótio), após terem feito um ano de noviciado, fizeram a sua profissão religiosa, professando os votos, de modo a melhor viverem o Evangelho seguindo os passos de São Francisco de Assis, segundo a espiritualidade Franciscana Capuchinha. Esta celebração teve lugar no recinto da Paróquia, e contou com a presença dos frades capuchinhos de Laleia e Tibar, também dos familiares destes quatro irmãos, bem como de várias centenas de paroquianos.

Esta celebração também foi marcada por outros dois momentos muito importantes. A despedida do Frei Maximilian Kimsong, que esteve 8 anos missionário em Timor-Leste e que, por motivos de saúde terá agora que regressar à Indonésia, bem como o acolhimento do Frei Ysidorus Jawa, que veio substituir o Frei Maximilian nas suas funções de Mestre de Noviciado.

Foi extraordinário verificar o sentimento de gratidão da comunidade de Laleia para com o Frei Maximilian. Ao longo de toda a tarde, muitas foram as homenagens a este irmão que ao longo dos anos serviu com simplicidade e dedicação não apenas a fraternidade mas também toda a comunidade paroquial.

Por fim, no acolhimento ao Frei Ysidorus, manifestámos a alegria por podermos contar com este Irmão que já esteve anteriormente em Timor-Leste (2010-2014), e que agora regressa mais uma vez para continuar a missão que em 2014 teve que interromper para ir estudar para Roma. Muito nos alegramos com a sua presença desejando que possa continuar a dar muito fruto.

Fazendo as contas, são então 4 novos noviços, 4 novos frades e 1 Frade que regressa à Ordem após ter saído. Além disso, é também um Frade que regressa ao seu país de origem e um outro que vem continuar a sua missão. Tudo isto a ser celebrado em tão poucos dias… não demonstrou ser tarefa fácil… mas os frades e o povo uniram forças e conseguiram levar por diante tão grande festa!!!

Como se pode verificar, a presença Capuchinha vai florescendo em Timor-Leste com o despoletar de inúmeras vocações, muito graças à colaboração dos irmãos capuchinhos portugueses e indonésios, mas também de tantos benfeitores espalhados por todo o mundo, que nos vão ajudando com as suas orações e também financiando os diversos projectos que por aqui vamos desenvolvendo.

E porque é também a missão de todos vós que continuais unidos a nós, estamos todos de parabéns e muito nos devemos alegrar por estes dias tão especiais.