No dia 3 de abril, pelas 9h00, os irmãos da fraternidade de Barcelos reuniram-se com o Ministro Provincial, frei Fernando Alberto, na capela da Fraternidade para a oração de Laudes, dentro da qual se procedeu à abertura da Visita Pastoral.

Após a Leitura breve, e partindo das palavras proclamadas na leitura, o Ministro Provincial falou do sentido que deve ter esta Visita Pastoral. A exemplo do que aconteceu com o povo de Israel, a quem Deus na experiência libertadora do Egito escolheu para ser o seu povo, também esta Visita deve ser um tempo muito oportuno para avivar o dom da vocação, reviver a experiência de Deus e do chamamento que nos fez, e reconhecer que nem sempre correspondemos da melhor maneira ao dom recebido e à fidelidade de Deus para connosco.

Depois lembrou o lema “Ide em frente!”, que dinamiza a Província neste triénio, destacando uma das linhas de ação da Carta Programática, na qual, no contexto do Sínodo dos Bispos sobre os jovens, se apela a cultivar a alegria, o entusiasmo e a jovialidade. Estas tornam-se uma exigência ainda maior no contexto do ano missionário em curso, da celebração dos 400 anos da morte de São Lourenço de Brindes e dos 50 anos da criação da Província.

Pelas 9h30, o Ministro Provincial iniciou o atendimento pessoal dos irmãos, o qual continuou ao longo de todo este dia e no dia seguinte, de modo a encontrar-se pessoalmente com todos os irmãos.

Às 12h20, o Ministro Provincial, acompanhado da totalidade dos irmãos da Fraternidade, deslocou-se ao Cemitério da cidade. Ali, junto ao talhão dos Capuchinhos, rezaram a Oração litúrgica da Hora Intermédia, do Ofício de Defuntos, fazendo memória agradecida dos irmãos cujos corpos ali se encontram sepultados.

Um pouco depois das 16h00, os irmãos professos congregaram-se na sala de formação do noviciado, para um tempo de encontro, reflexão, partilha e diálogo. Neste encontro, no contexto do Ano Missionário e frisando algumas ideias a propósito dos 800 anos do encontro de São Francisco com o Sultão do Egito, o Ministro Provincial acentuou a dimensão missionária da Ordem, que também esta Fraternidade deve testemunhar, não reduzindo a missão às obras e atividade do momento presente, mas estando aberta a novas formas suscitadas pela voz do Espírito. Depois os irmãos dialogaram sobre este e outros assuntos que dizem respeito à vida da Fraternidade.

Às 19h00 o Ministro Provincial participou na Eucaristia, na igreja, com o povo de Deus, à qual se seguiu a oração de Vésperas e o programa habitual da Fraternidade até ao descanso da noite.

Na quinta-feira, dia 4, às 9h00 os Irmãos reuniram-se, na capela da Fraternidade, para a recitação das Laudes. Durante todo o resto da manhã, o Ministro Provincial ajudou no atendimento dos fiéis no sacramento da Reconciliação e concluiu o diálogo pessoal com os Irmãos.

Pelas 17h30, os irmãos reuniram-se, na capela da Fraternidade, para a celebração da Eucaristia, dentro da qual se inseriu a recitação de Vésperas e se procedeu ao encerramento da Visita Pastoral. Após a reflexão da Palavra, os Irmãos fizeram a renovação da sua consagração religiosa. Antes da bênção final, o Secretário Provincial fez a leitura da Ata da Visita Pastoral.

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos