Ordem Franciscana Secular

Imprimir

Beata Teresa Manganiello

beata_teresa_manganielloNo dia 22 de Maio de 2010 foi beatificada Teresa Manganiello, fiel leiga, da Ordem Terceira Franciscana. Nasceu em Montefusco, a 1 de Janeiro de 1849, sendo a 12ª filha de uma família de camponeses, ela teve uma vida simples e humilde, entre os serviços de casa e o empenho espiritual na igreja dos Capuchinhos.

Nunca frequentou a escola e era dedicada, como muitas crianças rurais daquele tempo, aos trabalhos da casa e do campo. Aos 18 anos, manifestou o desejo de ser consagrada a Deus. Em 15 de maio de 1870, aos 21 anos, vestiu o hábito terciário franciscano e no ano seguinte fez a profissão dos votos, tomando o nome de irmã Maria Luisa.

Como são Francisco de Assis, procurava imitar Jesus Cristo oferecendo sofrimentos e penitências para reparar os pecados, e era cheia de amor pelo próximo: doava-se por todos, especialmente pelos pobres e doentes. Sempre sorridente e doce, com apenas 27 anos, a 3 de Novembro de 1876, ela partiu para o céu, onde já habitava o seu coração.

O postulador da causa de beatificação, Dom Luigi Porsi, escreveu uma biografia de Teresa Manganiello intitulada "Uma camponesa professora da vida" e assegura que, apesar da pouca formação académica, Teresa era "muito sábia teologicamente e muito profunda". Ela, continua Dom Porsi, "não era ingénua, era inocente. Não sabia ler nem escrever, mas conservava tudo que aprendia" disse o postulador. "Tinha um espírito de meditação e contemplação e quando se encontrava com as pessoas presenteava-as com simplicidade e profundidade." Para Dom Porsi, trata-se de uma "sabedoria sobrenatural".

Cinco anos depois de sua morte, o capuchinho frei Lodovico Acernese fundou as Irmãs Franciscanas Imaculatinas, sabendo que Teresa sonhava ver nascer e florir esta comunidade. Hoje as irmãs vivem o carisma, trabalhando pela educação académica e doutrinal da juventude, sobretudo feminina. Elas estão na Itália, no Brasil, nas Filipinas, na Austrália, na Índia e na Indonésia.

Milhares de pessoas participaram da beatificação de Teresa Manganiello. Representando a Ordem dos Capuchinhos estavam: o Vigário Geral frei Felice Cangelosi, o Postulador Geral e frei Carlo Calloni.