Espaço Jovem

Imprimir

Que fazer da minha vida?

que_fazer_da_minha_vidaÉ uma questão incontornável! Claro que se vivemos permanentemente atascados de ruídos, se permanentemente fugimos ao silêncio, se nos entregamos a uma dispersão, corremos o risco de não nos encontrar e, mais trágico ainda, de chegarmos ao final da existência de "mãos vazias".

Todavia, tu, que és adolescente ou jovem poderás objectar: "sou muito novo". O tempo da juventude é para gozar. Essas perguntas vêm-nos estragar a nossa felicidade. Que fazer da minha vida!? Isto fica para mais tarde!

Entretanto esta questão não é apenas paleio de padres nem de frades ou de pessoas demasiado "puritanas". Os grandes psicoterapeutas do nosso tempo, como Erikson ou Victor Frankl, colocam esta questão no centro da adolescência e da juventude.

O jovem não deve ter medo de enfrentar interrogações que sacodem o marasmo e a mediocridade com que, por vezes, anestesiamos os dias que nos é dado viver.

Estamos no Ano sacerdotal. Então, porque não colocar "de caras" a pergunta: Será que Deus me chama a ser padre?

Respigo dum livro: "Carta aos jovens sobre as Vocações":

Aquele que se interroga sobre a possibilidade do sacerdócio, diz para consigo:

Eu tenho apenas uma vida, quero que ela seja a mais bela possí­vel, tanto a nível humano como a nível cristão; tomei consciên­cia da seriedade do meu Baptismo e da minha vocação para a santidade. Contudo, eu gostava que a actividade principal - ou seja, o ofício - desta vida única e que passa tão depressa, fosse consagrada ao que há de melhor. E o que é que há de melhor? O próprio Deus, a Sua graça recebida, a conversão, a caridade; eu próprio beneficio de tudo isso em cada dia. Que se passa com os outros? Porventura conhecem o amor infinito que Deus tem por eles? Terão eles encontrado alguém que perdoasse os seus pecados? Pudesse eu passar a minha vida a dar-lhes todas essas bênçãos!

Muitos rapazes felizes, equilibrados, cheios de cursos ou já senhores de uma profissão, talvez na véspera de fundar um novo lar, disseram para consigo certo dia que passar a vida num escritório, brilhar no meio do mundo, e até amar era para eles demasiado pouco em comparação com o fogo da graça de Cristo"

Dentro de dias é a festa de Pentecostes. Oxalá o espírito Santo nos faça mais audazes para enfrentarmos os grandes desafios da vida, nos tempo que correm!

Que fazer da minha vida?