Encontro com a Bíblia

categoria_encontro_com_a_bibliaComo em toda a aprendizagem e relacionamento, no estudo da Bíblia e no encontro com o Deus da Bíblia é normal haver uma certa progressão. O próprio Deus utilizou esta pedagogia de “condescendência” connosco na Revelação, manifestando a sua vontade através de palavras humanas, e na Encarnação, mostrando-se no seu Filho feito Homem em tudo excepto no pecado.

O frei Lopes Morgado apresenta aqui a Bíblia, seus livros e conteúdos, de maneira simples e acessível, para ajudar os menos iniciados a conhecer
> as grandes linhas da História da Salvação;
> os principais acontecimentos que marcaram a vida do Povo Hebreu (o Povo da  Bíblia) e deram origem aos vários livros;
> as suas figuras mais marcantes dentre os patriarcas, juízes, reis, profetas, sábios, sacerdotes, apóstolos, evangelistas, escritores sagrados;
> a diferença entre história, profecia, sabedoria, parábola, evangelho, carta e outros géneros literários em que a Bíblia foi escrita;

> o sentido de textos e temas bíblicos propostos pela Igreja na Liturgia, como forma de catequese do novo Povo de Deus nascido da Páscoa de Jesus.

O seu objectivo último é que, por mediação da Palavra, se realize o “Encontro” com a Pessoa de Deus que nela se revela. Porque o Cristianismo não é uma “religião do Livro”, como o Judaísmo ou o Islamismo; é uma religião da “Palavra” de Deus – Jesus Cristo, em quem o Pai se revela plenamente pelo Espírito Santo. (ver Catecismo da Igreja Católica, nº 108).

Libertou-O dos grilhões da morte

thumb_grilhoes_da_morte

Várias vezes dei comigo a perguntar qual o motivo que terá levado a Igreja a propor, em todo o Tempo da Quaresma, o mesmo Responsório breve na Hora de Laudes.

Natal - aprender a amar

thumb_natal_aprender_a_amar

Ao ler a Bíblia pretendemos entrar na intimidade de Quem os inspirou a escrever aquilo, e que hoje nos convida a entrar em comunhão com Ele através dessa leitura meditada.