Lv 4

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Sacrifício expiatório (16; Nm 15,22-31) – 1O SENHOR falou a Moisés nestes termos: 2Fala aos filhos de Israel e diz-lhes: Se alguém pecou involuntariamente, contra alguma coisa que o SENHOR tinha proibido, deve proceder da seguinte maneira:

3Se for um sacerdote consagrado quem pecou, tornando assim o povo culpado, oferecerá ao SENHOR, pelo seu pecado, um novilho sem defeito, em sacrifício expiatório. 4Levará o novilho à entrada da tenda da reunião, diante do SENHOR, e imporá a mão sobre a sua cabeça; depois, imolá-lo-á diante do SENHOR. 5Seguidamente, o sacerdote consagrado levará parte do sangue do novilho à tenda da reunião; 6mergulhará o dedo no sangue e, com esse sangue, aspergirá sete vezes, diante do SENHOR, a face visível do véu do santuário. 7Depois deitará parte do sangue sobre as hastes do altar dos perfumes, que está diante do SENHOR, na tenda da reunião, e derramará o resto do sangue do novilho na base do altar dos holocaustos, que está à entrada da tenda da reunião. 8Depois, extrairá toda a gordura do novilho imolado pelo pecado, tanto a que envolve as entranhas como a que lhes está aderente, 9assim como os dois rins com a gordura que os envolve na região lombar e a membrana do fígado, que se tirará juntamente com os rins, 10tal como se procede com o novilho do sacrifício de comunhão. E o sacerdote queimará tudo isso no altar dos holocaustos. 11Mas a pele do novilho e toda a sua carne, incluindo a cabeça, as patas, as entranhas e os excrementos, 12numa palavra, o novilho inteiro, levá-lo-á para fora do acampamento, para um lugar puro, onde se deitam as cinzas, e aí o queimará sobre lenha. Será queimado onde se deitam as cinzas.

13Se for toda a comunidade de Israel quem pecou involuntariamente, e, sem disso se aperceber, fez alguma coisa que o SENHOR tinha proibido, tornando-se, assim, culpada: 14quando o pecado cometido por ela vier a ser conhecido, a comunidade oferecerá, em sacrifício expiatório, um novilho que será conduzido diante da tenda da reunião. 15Os anciãos da comunidade hão-de impor as mãos sobre a cabeça do novilho, diante do SENHOR, e aí mesmo o imolarão. 16Seguidamente, o sacerdote consagrado levará parte do sangue do novilho à tenda da reunião. 17Mergulhará o dedo no sangue e, com esse sangue, aspergirá sete vezes diante do SENHOR, a face visível do véu; 18depois, deitará parte do sangue sobre as hastes do altar que está diante do SENHOR, na tenda da reunião, e derramará o resto do sangue na base do altar dos holocaustos, que está à entrada da tenda da reunião. 19Depois, extrairá toda a gordura do novilho para a queimar sobre o altar, 20procedendo com este novilho como fez com o novilho do sacrifício expiatório. Assim fará o sacerdote o rito da expiação sobre todos, e o pecado ser-lhes-á perdoado. 21Depois levará o novilho para fora do acampamento, queimando-o como queimou o anterior. Este é um sacrifício pelo pecado da comunidade.

22Se foi um dos chefes quem pecou involuntariamente e, sem disso se aperceber, fez alguma coisa que o SENHOR, seu Deus, tinha proibido, tornando-se, assim, culpado: 23quando o pecado cometido lhe for revelado, oferecerá em sacrifício um bode sem defeito. 24Imporá a mão sobre a cabeça do bode, que imolará no lugar onde se faz o holocausto, diante do SENHOR. É um sacrifício de expiação. 25Seguidamente, o sacerdote tomará com o dedo parte do sangue da vítima sacrificada pelo pecado e deitá-lo-á sobre as hastes do altar dos holocaustos, derramando o resto do sangue na base do altar dos holocaustos. 26Queimará sobre o altar toda a gordura, como se faz com a gordura dos sacrifícios de comunhão. Quando o sacerdote fizer sobre o príncipe o rito de expiação, o seu pecado será perdoado.

27Se foi uma pessoa do povo quem pecou involuntariamente e, sem disso se aperceber, fez alguma coisa que o SENHOR tinha proibido, tornando-se, assim, culpada: 28quando o pecado cometido lhe for revelado, oferecerá em sacrifício uma cabra sem defeito, pelo pecado que cometeu. 29Imporá a mão sobre a cabeça da vítima oferecida pelo pecado, que imolará no lugar do holocausto. 30Seguidamente, o sacerdote tomará com o dedo parte do sangue da vítima sacrificada pelo pecado e deitá-lo-á sobre as hastes do altar dos holocaustos, e derramará o resto do sangue na base do altar. 31Depois, extrairá toda a gordura, como no sacrifício de comunhão, para a queimar sobre o altar, como agradável odor em honra do SENHOR. Quando o sacerdote fizer sobre ele o rito de expiação, o seu pecado será perdoado. 32Se oferecer um cordeiro para expiação do pecado, oferecerá uma fêmea sem defeito. 33Imporá a mão sobre a cabeça da vítima oferecida pelo pecado, que imolará no lugar do holocausto. 34Seguidamente, o sacerdote tomará com o dedo parte do sangue da vítima sacrificada pelo pecado e deitá-lo-á sobre as hastes do altar dos holocaustos, e derramará o resto do sangue na base do altar. 35Depois, extrairá toda a gordura, como no sacrifício de comunhão, para a queimar sobre o altar, como oferta queimada em honra do SENHOR. Quando o sacerdote fizer sobre ele o rito de expiação pelo pecado que cometeu, este ser-lhe-á perdoado.»



Capítulos

Lv 1 Lv 2 Lv 3 Lv 4 Lv 5 Lv 6 Lv 7 Lv 8 Lv 9 Lv 10 Lv 11 Lv 12 Lv 13 Lv 14 Lv 15 Lv 16 Lv 17 Lv 18 Lv 19 Lv 20 Lv 21 Lv 22 Lv 23 Lv 24 Lv 25 Lv 26 Lv 27