Lv 16

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa
4. DIA DA GRANDE EXPIAÇÃO (16,1-34)


O grande dia da expiação (4,1-35; 8,1-36; 23,26-32; Ex 29,1-37; Nm 29,7-11; Ez 45,18-20; Heb 9,6-14) – 1O SENHOR falou a Moisés, depois da morte dos dois filhos de Aarão, que morreram, por se terem aproximado do SENHOR. 2Disse o SENHOR a Moisés: «Avisa o teu irmão Aarão de que não pode entrar em qualquer altura no santuário, para além do véu, diante do propiciatório que está sobre a Arca, a fim de não morrer, quando Eu aparecer numa nuvem sobre o propiciatório.

3Eis como Aarão deve entrar no santuário: com um novilho para o sacrifício pelo pecado e um carneiro para o holocausto. 4Revestir-se-á de uma túnica de linho consagrada e cobrirá o corpo com calções de linho; cingir-se-á com um cinto de linho e cobrirá a cabeça com uma tiara de linho. É um vestuário sagrado, que só usará depois de se banhar em água.

5Por parte da assembleia dos filhos de Israel receberá dois bodes para o sacrifício pelo pecado e um carneiro para o holocausto. 6Aarão oferecerá o novilho em sacrifício pelo seu próprio pecado e fará o rito da purificação por si mesmo e pela sua casa. 7Tomará seguidamente os dois bodes e colocá-los-á diante do SENHOR, à entrada da tenda da reunião. 8Aarão tirará à sorte os dois bodes: um para o SENHOR e outro para Azazel. 9Aarão deverá oferecer ao SENHOR o bode que a sorte designou para tal, apresentando-o em sacrifício pelo pecado; 10e o bode, que a sorte designou para Azazel, deverá ser apresentado vivo diante do SENHOR, a fim de fazer sobre ele o rito da purificação e ser enviado a Azazel, no deserto. 11Aarão apresentará o novilho do sacrifício pelo seu próprio pecado, fará o rito da expiação por si e pela sua família e, depois, imolará o novilho em sacrifício pelo seu próprio pecado. 12Tomará depois o incensário cheio de brasas retiradas do altar que está diante do SENHOR e dois punhados de incenso, em pó, levando tudo para além do véu. 13Deitará o incenso no fogo, diante do SENHOR, para que a nuvem do perfume envolva o propiciatório, que está sobre o documento da aliança. Deste modo, não morrerá. 14Tomará, então, um pouco de sangue do novilho, aspergirá com o dedo o lado oriental do propiciatório; e fará com o dedo sete aspersões de sangue diante do propiciatório. 15Imolará, depois, o bode do sacrifício pelo pecado do povo, e levará o sangue para o santuário, para além do véu, fazendo com esse sangue o mesmo que fez com o sangue do novilho: aspergi-lo-á sobre o propiciatório e diante dele.

16Fará, assim, sobre o santuário o rito da purificação das impurezas dos filhos de Israel, das suas impiedades, de todos os seus pecados; procederá da mesma forma para a tenda da reunião, que está entre eles, no meio das suas impurezas. 17E que ninguém esteja na tenda da reunião, quando o Sumo Sacerdote entrar para fazer o rito da purificação no santuário, até que ele saia, depois de ter feito o rito da purificação por si mesmo, pela sua casa e por toda a assembleia de Israel. 18Depois, sairá em direcção ao altar, que está diante do SENHOR, para fazer sobre ele o rito da purificação. Tomará sangue do novilho e do bode, espalhá-lo-á sobre as hastes do altar, a toda a volta. 19E fará com o dedo sete aspersões de sangue sobre o altar, purificando-o e santificando-o, assim, das impurezas dos filhos de Israel, a fim de o consagrar.

20Terminada a purificação do santuário, da tenda da reunião e do altar, apresentará o bode vivo. 21Aarão imporá as duas mãos sobre a cabeça do bode vivo e declarará sobre ele todas as iniquidades dos filhos de Israel, todas as suas impiedades e todos os seus pecados, fazendo-os assim cair sobre a cabeça do bode; depois, o enviará para o deserto, mediante um homem designado para isso. 22O bode levará sobre si todas as iniquidades deles, para uma região solitária e será abandonado nesse deserto.

23Aarão voltará a entrar na tenda da reunião, tirará as vestes de linho, de que se revestiu para entrar no santuário, e deixá-las-á ali. 24Banhará o corpo em água, num lugar santo, e tornará a revestir-se com as suas roupas; sairá, então, oferecerá o seu holocausto, o do povo, e fará o rito de purificação por si e pelo povo. 25E queimará sobre o altar a gordura das vítimas do sacrifício pelo pecado.

26Aquele que tiver levado o bode a Azazel, lavará as vestes, banhará o corpo em água, e só então entrará de novo no acampamento. 27O novilho e o bode de um sacrifício pelo pecado, cujo sangue tiver sido introduzido no santuário, para a purificação, serão levados para fora do acampamento, queimando-se-lhes a pele, a carne e os excrementos. 28Aquele que os tiver queimado, lavará as vestes, banhará o corpo em água e só então voltará a entrar no acampamento.

29Isto será para vós uma lei perpétua: no décimo dia do sétimo mês, jejuareis e não fareis trabalho algum, tanto os que são naturais da terra, como os estrangeiros que residirem no meio de vós. 30Porque, nesse dia, far-se-á por vós o rito da purificação, para serdes purificados; ficareis purificados de todos os vossos pecados diante do SENHOR. 31Este será para vós um sábado, um sábado solene, durante o qual jejuareis: é uma lei perpétua.

32O rito de purificação será feito pelo sacerdote, pelo que tiver sido ungido e investido para exercer o sacerdócio em lugar de seu pai; revestirá as vestes de linho, o vestuário sagrado. 33E fará o rito da purificação pelo santuário consagrado, pela tenda da reunião e pelo altar, pelos sacerdotes e por todo o povo da assembleia. 34Que isto seja para vós uma lei perpétua, a fim de purificar, uma vez por ano, todos os pecados dos filhos de Israel.» E cumpriu-se tudo quanto o SENHOR tinha ordenado a Moisés.



Capítulos

Lv 1 Lv 2 Lv 3 Lv 4 Lv 5 Lv 6 Lv 7 Lv 8 Lv 9 Lv 10 Lv 11 Lv 12 Lv 13 Lv 14 Lv 15 Lv 16 Lv 17 Lv 18 Lv 19 Lv 20 Lv 21 Lv 22 Lv 23 Lv 24 Lv 25 Lv 26 Lv 27