Lv 15

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Impurezas do homem1O SENHOR falou a Moisés e a Aarão dizendo: 2«Falai aos filhos de Israel e dizei-lhes: ‘Quando o homem tiver um corrimento no seu corpo, é impuro. Este corrimento torna-o impuro. 3Eis a lei da impureza; se o seu corpo deixa correr o fluxo ou o retém, ele é impuro igualmente. 4Todo o leito em que se deitar e todo o móvel em que se sentar ficarão impuros. 5Quem tocar no seu leito deverá lavar as vestes, lavar--se-á em água e ficará impuro até à tarde; 6quem se sentar no lugar em que se sentou aquele que tem o fluxo, lavará as vestes, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde. 7Aquele que tocar no corpo do que tem o fluxo, lavará as vestes, banhar--se-á em água e ficará impuro até à tarde. 8Se o que tem o fluxo cuspir sobre um homem puro, este lavará as vestes, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde. 9Toda a sela, em que cavalgar aquele que tem o fluxo, ficará impura. 10Quem tocar em algum objecto que estiver debaixo dela, ficará impuro até à tarde; e quem os transportar lavará os seus vestidos, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde. 11Todo aquele em quem tocar o que tem o fluxo, e não tiver ainda lavado as mãos em água, lavará as vestes, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde. 12Qualquer vaso de barro tocado pelo que tem o fluxo será quebrado; porém, todo o recipiente de madeira será lavado em água. 13Quando o que tem o fluxo estiver limpo do corrimento, contará sete dias, após o seu restabelecimento; depois, lavará as vestes, banhar-se-á em água corrente e ficará puro. 14No oitavo dia, tomará duas rolas ou dois pombos, apresentar-se-á diante do SENHOR, à entrada da tenda da reunião, e entregá-los-á ao sacerdote. 15O sacerdote oferecerá um em sacrifício pelo pecado e outro em holocausto, e fará o rito da purificação do seu corrimento, diante do SENHOR.

16O homem que tiver um derramamento de esperma lavará todo o seu corpo em água, e ficará impuro até à tarde. 17Todo o vestuário e toda a pele que forem atingidos pelo derramamento serão lavados em água, e ficarão impuros até à tarde. 18Se uma mulher coabitar com esse homem, banhar-se-ão os dois em água e ficarão impuros até à tarde.’»


Impurezas da mulher (12,1-8; Lc 2, 21-24) – 19«Quando uma mulher tiver o fluxo de sangue que corre do seu corpo, permanecerá durante sete dias na sua impureza. Quem a tocar ficará impuro até à tarde. 20Todo o objecto sobre o qual ela se deitar, durante a sua impureza, ficará impuro; tudo aquilo em que se sentar, ficará impuro. 21Quem tocar no seu leito, deverá lavar as vestes, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde. 22Quem tocar em qualquer objecto em que ela tenha estado sentada lavará as vestes, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde. 23Quem tocar nalguma coisa que estiver sobre a cama ou sobre o móvel em que ela se sentou, ficará impuro até à tarde. 24Se um homem coabitar com ela e a sua impureza o atingir, ficará impuro durante sete dias, e todo o leito em que se deitar ficará impuro.

25Quando uma mulher tiver um fluxo de sangue durante vários dias, fora do tempo normal de impureza, isto é, se o fluxo se prolongar para além do tempo da sua impureza, ficará impura durante todo o tempo desse fluxo, como no tempo da sua impureza. 26Durante todo o tempo desse fluxo, todo o leito em que se deitar será para ela como o leito em que se deitava durante a sua impureza; qualquer móvel sobre o qual se sentar ficará impuro, como no tempo da sua impureza; 27quem os tocar ficará impuro; deverá lavar as suas vestes, banhar-se-á em água e ficará impuro até à tarde.

28Quando terminar o fluxo de sangue, contará sete dias e, depois, ficará pura. 29No oitavo dia, tomará duas rolas ou dois pombos, e levá-los-á ao sacerdote, à entrada da tenda da reunião. 30O sacerdote oferecerá um em sacrifício pelo pecado e outro em holocausto; e purificá-la-á da impureza do fluxo diante do SENHOR. 31É assim que mantereis os israelitas afastados das suas impurezas, para que não morram por terem contaminado o meu tabernáculo, que está no meio deles.»

32Esta é a lei relativa ao que tiver um fluxo e ao que tiver um derramamento de esperma, que os tornam impuros; 33em relação à mulher durante o fluxo da impureza, ou seja, toda a pessoa, homem ou mulher, cujo fluxo se prolonga, e ao homem que coabita com uma mulher impura.



Capítulos

Lv 1 Lv 2 Lv 3 Lv 4 Lv 5 Lv 6 Lv 7 Lv 8 Lv 9 Lv 10 Lv 11 Lv 12 Lv 13 Lv 14 Lv 15 Lv 16 Lv 17 Lv 18 Lv 19 Lv 20 Lv 21 Lv 22 Lv 23 Lv 24 Lv 25 Lv 26 Lv 27