Ex 22

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

1Se o ladrão for surpreendido quando procede a um arrombamento, e for ferido de morte, não haverá para ele vingança de sangue. 2Se o sol brilhava sobre ele, haverá para ele vingança de sangue. Ele deverá pagar; se não tiver com que pagar, será vendido pelo seu roubo. 3Se for encontrado na sua mão o roubo de um boi ou de um jumento ou de um animal do rebanho ainda vivos, pagará o dobro.

4Quando um homem tiver em pastagem um campo ou uma vinha, e deixar o seu gado pastar no campo de outrem, pagará com o melhor do seu campo e com o melhor da sua vinha.

5Quando um fogo alastrar e alcançar espinheiros, e devorar medas ou searas ou campos, o incendiário pagará o que tiver sido queimado.


Danos particulares (Lv 5,20-26) – 6Quando um homem der ao seu próximo dinheiro ou objectos para guardar, e forem roubados de casa do homem, se o ladrão for encontrado, pagará o dobro; 7se o ladrão não for encontrado, o dono da casa jurará diante de Deus que não pôs a sua mão sobre os bens do seu próximo.

8Em toda a causa de litígio sobre um boi, sobre um jumento, sobre um animal do rebanho, sobre vestuário, sobre qualquer coisa perdida, o litígio apresentar-se-á diante de Deus; aquele que Deus declarar culpado pagará o dobro ao seu próximo.

9Quando um homem der ao seu próximo um jumento, ou um boi, ou um animal do rebanho, ou qualquer animal para guardar, e este morrer, ou fracturar um membro, ou for levado, sem ninguém ver, 10haverá um juramento em nome do SENHOR entre as duas partes. Se este não estendeu a sua mão sobre os bens do seu próximo, o seu dono aceitará, e o outro nada pagará. 11Mas se foi roubado junto dele, pagará ao seu dono. 12Se foi despedaçado, trará como prova o animal despedaçado, e nada pagará.

13E quando um homem pedir emprestado ao seu companheiro um animal, e for fracturado um membro ou morrer, e o seu dono não estiver com ele, terá de pagar. 14Se o seu dono estiver com ele, não pagará. Se ele tinha sido alugado, pagará o preço do seu aluguer.

15E quando um homem seduzir uma virgem que não esteja noiva, e se deitar com ela, dar-lhe-á o dote e será sua esposa. 16Se o pai dela se recusa terminantemente a dar-lha, ele pagará em dinheiro conforme o dote das virgens.

17Não deixarás viver a feiticeira.

18Todo aquele que se deitar com um animal deverá morrer.

19Quem sacrifica aos deuses será votado ao anátema, excepto se sacrifica ao SENHOR e só a Ele.

20Não usarás de violência contra o estrangeiro residente nem o oprimirás, porque foste estrangeiro residente na terra do Egipto.

21Não maltratarás nenhuma viúva nem nenhum órfão. 22Se tu o maltratares, e se ele clamar a mim, hei-de ouvir o seu clamor; 23a minha ira inflamar-se-á e matar-vos-ei à espada, e as vossas mulheres ficarão viúvas e os vossos filhos ficarão órfãos.

24Se emprestares dinheiro a alguém do meu povo, ao indigente que está contigo, não serás para ele como um usurário: não lhe imporás juros.

25Se penhorares o manto do teu próximo, devolver-lho-ás até ao pôr-do-sol, 26porque a capa é tudo o que ele tem para cobrir a pele. Com que é que ele se deitaria? E se vier a clamar a mim, ouvi-lo-ei, porque Eu sou misericordioso.

27Não blasfemarás contra Deus e não amaldiçoarás um chefe do teu povo.

28Não reterás os teus frutos maduros e o que escorre do teu lagar. Dar-me-ás o primogénito dos teus filhos.

29Farás o mesmo com o primogénito do teu boi e das tuas ovelhas: sete dias ficará com a sua mãe, e no oitavo dia mo darás.

30Sereis para mim homens santos. Não comereis carne de animal despedaçado no campo. Lançá-la-eis aos cães.



Capítulos

Ex 1 Ex 2 Ex 3 Ex 4 Ex 5 Ex 6 Ex 7 Ex 8 Ex 9 Ex 10 Ex 11 Ex 12 Ex 13 Ex 14 Ex 15 Ex 16 Ex 17 Ex 18 Ex 19 Ex 20 Ex 21 Ex 22 Ex 23 Ex 24 Ex 25 Ex 26 Ex 27 Ex 28 Ex 29 Ex 30 Ex 31 Ex 32 Ex 33 Ex 34 Ex 35 Ex 36 Ex 37 Ex 38 Ex 39 Ex 40