Dt 11

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Promessas e ameaças1«Amareis o SENHOR, vosso Deus, e observareis as suas ordens, preceitos, sentenças e leis, durante toda a vida. 2Reconhecereis hoje porque é que não falo aos vossos filhos, que não conheceram nem viram os ensinamentos do SENHOR, vosso Deus, a sua grandeza, a sua mão forte e o seu braço estendido; 3os sinais e as obras que realizou no Egipto contra o faraó, rei do Egipto e contra todo o seu reino; 4o que Ele fez ao exército egípcio, aos carros e à sua cavalaria quando vos perseguiam; como os submergiu nas águas do Mar dos Juncos; o SENHOR os fez desaparecer para sempre; 5o que Ele fez por vós no deserto, até chegardes a este lugar; 6o que fez a Datan e Abiram, filhos de Eliab, descendentes de Rúben, quando a terra, abrindo-se, os engoliu com as suas famílias, as suas tendas e todos os que se levantaram por eles no meio de todo o Israel. 7Os vossos olhos é que puderam ver todas as grandes obras que o SENHOR realizou.

8Guardareis, pois, todos os mandamentos que hoje vos ordeno, para serdes fortes e entrardes e tomardes posse da terra para onde caminhais, a fim de a possuir. 9Assim, prolongareis os dias na terra que o SENHOR jurou dar aos vossos pais e à sua descendência, terra onde corre leite e mel.

10Na verdade, a terra em que vais entrar para a possuir não é como a terra do Egipto, donde saíste; lá, tinhas de lançar a semente e de a regar pelo teu pé, como uma horta. 11A terra para onde caminhas, a fim de a possuir, é uma terra de montanhas e vales, que bebe água das chuvas do céu; 12é uma terra de que o SENHOR, teu Deus, cuida e para a qual os olhos do SENHOR, teu Deus, estão sempre voltados, desde o começo do ano até ao fim.

13Sucederá, pois, que, se escutardes os mandamentos que hoje vos ordeno, amando o SENHOR, vosso Deus, e servindo-o com todo o vosso coração e com toda a vossa alma, 14darei chuva à vossa terra no devido tempo, chuva da Primavera e chuva do fim do Outono, e colherás o teu trigo, o teu vinho e o teu azeite. 15Farei crescer a erva no teu campo para o teu gado. Assim poderás comer e ficarás saciado.

16Acautelai-vos para que o vosso coração não se deixe seduzir e vos afasteis para servir outros deuses e lhes prestardes culto. 17A ira do SENHOR inflamar-se-ia contra vós, e Ele fecharia os céus: não haveria chuva, a terra não daria o seu fruto e vós desapareceríeis rapidamente da boa terra que o SENHOR vos destina.»


Exortação a viver a Aliança (27-28) 18«Gravai, pois, estas minhas palavras no vosso coração e no vosso espírito; atai-as aos braços como um símbolo, trazei-as como filactérias entre os olhos. 19Ensinai-as aos vossos filhos, repetindo-as, quando estiverdes a descansar em casa e quando fordes em viagem, ao deitar e ao levantar. 20Escrevei-as nas ombreiras da vossa casa e nas vossas portas.

21Então se multiplicarão os vossos dias e os dias dos vossos filhos na terra que o SENHOR jurou dar a vossos pais. Serão como dias de céu sobre a terra!

22Se, de facto, cumprirdes todos estes preceitos que eu vos prescrevo, amando o SENHOR, vosso Deus, andando sempre nos seus caminhos e permanecendo-lhe fiéis, 23o SENHOR desalojará diante de vós todos esses povos e submetereis povos maiores e mais fortes do que vós. 24Toda a região que a planta dos vossos pés pisar será vossa. Desde o deserto até ao Líbano e desde o rio Eufrates até ao mar ocidental serão as vossas fronteiras. 25Ninguém vos poderá resistir; o SENHOR, vosso Deus, espalhará o medo e o terror sobre todos os lugares onde puserdes o pé, como vos afirmou. 26Vede: proponho-vos hoje a bênção ou a maldição: 27a bênção, se obedecerdes aos mandamentos do SENHOR, vosso Deus, que hoje vos prescrevo; 28a maldição, se não obedecerdes aos mandamentos do SENHOR, vosso Deus, e vos afastardes do caminho que hoje vos indico, para seguirdes deuses estrangeiros que não conheceis.»


CÓDIGO DEUTERONÓMICO

(11,29-26,15)


2. PROCLAMAÇÃO DA LEI DA ALIANÇA


Introdução29«Quando o SENHOR, teu Deus, te introduzir no país do qual vais tomar posse, proclamarás a bênção sobre o monte Garizim e a maldição sobre o monte Ebal. 30Estas montanhas estão além do Jordão, depois do caminho que desce para o ocidente, na terra dos cananeus que habitam na Arabá, em frente de Guilgal, junto dos Carvalhos de Moré. 31Passarás o Jordão para entrares na terra que o SENHOR, teu Deus, te há-de dar; toma posse dela e habita ali. 32Cuidarás, então, de pôr em prática todas estas leis e preceitos que hoje ponho na tua frente.»



Capítulos

Dt 1 Dt 2 Dt 3 Dt 4 Dt 5 Dt 6 Dt 7 Dt 8 Dt 9 Dt 10 Dt 11 Dt 12 Dt 13 Dt 14 Dt 15 Dt 16 Dt 17 Dt 18 Dt 19 Dt 20 Dt 21 Dt 22 Dt 23 Dt 24 Dt 25 Dt 26 Dt 27 Dt 28 Dt 29 Dt 30 Dt 31 Dt 32 Dt 33 Dt 34