1 Sm 22

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

David entre os moabitas 1David saiu dali e refugiou-se na caverna de Adu­lam. Os seus irmãos e todos os seus ho­mens sou­beram-no e foram juntar-se a ele.

2Todos os que se viam an­gus­tia­dos, endividados e descon­ten­tes fo­ram ter com David e ele tor­nou-se o seu che­fe. E juntaram-se a ele cerca de qua­trocentos ho­mens.

3Daí, Da­vid partiu para Mis­pá, em Moab. E disse ao rei de Moab: «Permite que meu pai e minha mãe venham viver no meio de vós, até que eu saiba o que Deus quer de mim.» 4Apresen­tou-os, pois, ao rei de Moab, e fica­ram com ele durante todo o tempo que David permane­ceu na­quele refúgio. 5Mas o profeta Gad disse a David: «Não fiques na forta­leza. Parte, e vai para a ter­ra de Judá.» David par­tiu e veio para o bosque de Haret.


Morte dos sacerdotes de Nob6Saul foi informado de que David e os seus homens tinham sido des­co­bertos. Estava Saul em Guibeá, sen­tado debaixo de uma tamareira, na co­lina, com a sua lança na mão, ro­deado por todos os seus criados.

7Saul disse-lhes: «Escutai, filhos de Benjamim: Será que o filho de Jessé dará a todos vós campos e vinhas? Irá ele fazer de todos vós chefes de milhares e chefes de centenas? 8Por­que vos conjurastes contra mim? Ne­nhum de vós me veio dar conhe­ci­mento da aliança que meu filho fez com o filho de Jessé; ninguém se deu ao trabalho de me avisar de que meu filho instigava o meu servo con­tra mim, para me armar ciladas, como está a acontecer!»

9Doeg, o edomita, que era o pri­meiro entre os criados de Saul, res­pondeu: «Eu vi o filho de Jessé; foi a Nob, a casa de Aimélec, filho de Ai­tub. 10Este consultou o Senhor para ele, deu-lhe víveres e entregou-lhe a espada do filisteu Golias.»

11O rei mandou chamar o sacer­dote Aimélec, filho de Aitub, com toda a casa de seu pai, e os sacer­dotes que estavam em Nob. E estes vieram todos apresentar-se ao rei. 12Saul disse-lhes: «Escuta, filho de Ai­tub!» Ele res­pondeu: «Que me que­­res, senhor?» 13Disse-lhe Saul: «Por­que conspiraste contra mim, tu e o filho de Jessé? Deste-lhe pão e uma espada e consultaste Deus por ele, a fim de que ele continue a sublevar-se contra mim e me arme ciladas, como está a acontecer!»

14Aimélec res­pondeu ao rei: «Ha­verá entre todos os teus servos al­guém mais fiel do que David, genro do rei, fiel às tuas ordens e homem estimado por toda a tua casa? 15Foi porventura apenas hoje que con­sul­tei Deus por ele? Lon­ge de mim ou­tra ideia! Não atribua o rei crime algum ao seu servo, nem à sua família! O teu servo nada sabe desse assunto.» 16O rei disse: «Tu morrerás, Aimé­lec, tu e toda a casa de teu pai.»

17E dirigindo-se aos guardas que o rodeavam, disse-lhes: «Ide e matai os sacerdotes do Senhor, pois fize­ram-se cúmplices de David; sabiam da sua fuga e não mo denuncia­ram.» Mas os guardas do rei recusaram-se a levantar a mão contra os sacerdo­tes do Senhor. 18Então, o rei orde­nou a Doeg: «Investe tu contra os sacer­dotes.» E Doeg, o edomita, apro­xi­mou-se e matou os sacerdotes. Ma­tou, naquele dia, oitenta e cinco ho­mens que vestiam a insígnia votiva de li­nho. 19Ordenou também Saul que fosse passada ao fio da espada a cidade sacerdotal de Nob, matando homens e mulheres, meninos, crian­ças de peito, bois, jumentos e ove­lhas.

20Contudo, escapou um filho de Aimélec, filho de Aitub, chamado Abia­­­tar, que se refugiou junto de David. 21Abiatar contou-lhe que Saul tinha mandado matar os sacerdotes do Se­nhor. 22David disse-lhe: «Eu bem sus­peitava, naquele dia, que es­­tando ali Doeg, o edomita, iria contar tudo a Saul. Sou eu o culpado da morte de toda a casa de teu pai. 23Fica comigo, e não temas. Aquele que odiar a mi­nha vida, odiará igual­­mente a tua. Junto de mim estarás salvo.»



Capítulos

1 Sm 1 1 Sm 2 1 Sm 3 1 Sm 4 1 Sm 5 1 Sm 6 1 Sm 7 1 Sm 8 1 Sm 9 1 Sm 10 1 Sm 11 1 Sm 12 1 Sm 13 1 Sm 14 1 Sm 15 1 Sm 16 1 Sm 17 1 Sm 18 1 Sm 19 1 Sm 20 1 Sm 21 1 Sm 22 1 Sm 23 1 Sm 24 1 Sm 25 1 Sm 26 1 Sm 27 1 Sm 28 1 Sm 29 1 Sm 30 1 Sm 31