1 Cr 17

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

A promessa de Deus (2 Sm 7,1-29) – 1Quando David se ins­talou no seu palácio disse ao profeta Natan: «Eis que habito num palácio de cedro, e a Arca da aliança do Se­nhor está debaixo de uma tenda.» 2Natan respondeu: «Faz o que o teu coração te inspirar, por­que Deus está contigo.» 3Mas na noite seguinte a pa­lavra de Deus foi dirigida a Natan nestes termos: 4Vai e diz a David, meu servo: Isto diz o Senhor:

‘Não és tu que me construirás a casa em que habita­rei. 5Nunca habi­tei em casa fixa, desde o dia em que tirei Israel do Egipto até hoje, mas tenho andado de tenda em tenda, de morada em morada. 6Durante todo o tempo em que viajei com todo o Israel, jamais pus esta questão a qual­quer dos juí­zes de Israel, aos quais encarre­gara de apascentar o meu povo, dizendo: Porque não me edifi­cais uma casa de cedro?’ 7Agora dirás ao meu ser­vo David: Isto diz o Se­nhor do uni­verso: ‘Tirei-te dos cam­pos de pasta­gens e do pastoreio das ovelhas para seres o chefe do meu povo de Israel; 8andei contigo em todos os teus cami­nhos, exterminei diante de ti os teus inimigos e dei-te um nome igual ao dos grandes da terra. 9Dei um lugar de habitação ao meu povo de Israel; fixei-o. Ele está estabelecido, jamais será remo­vido e os iníquos jamais o oprimirão como outrora, 10como no dia em que estabeleci juízes sobre Israel, meu povo. Humi­lhei todos os teus inimi­gos, e anun­cio-te que o Senhor edi­ficará para ti uma casa.

11Quan­do se acabarem os teus dias e te tiveres juntado aos teus pais, eleva­rei um teu descen­dente, depois de ti, de en­tre os teus filhos, e tornarei firme a sua rea­leza. 12Será ele quem me cons­truirá uma casa e firmarei o seu trono para sempre. 13Serei para ele um pai e ele será para mim um filho, e jamais retira­rei o meu favor como o retirei àquele que te pre­ce­deu. 14Eu o estabelece­rei na minha casa e no meu reino para sempre, e o seu tro­no será firme por todos os séculos.’» 15Natan trans­mi­tiu a Da­vid todas estas palavras e toda esta visão.


Oração de David (2 Sm 7,18-29) – 16En­­­tão David apresentou-se diante do Senhor e disse:

«Quem sou eu, Senhor Deus, e que é a minha casa, para que me faças chegar aonde estou? 17E toda­via, ó Deus, isto é pouco aos teus olhos! Falaste da casa do teu servo para os tempos longínquos, e olhas­te para mim, ó Senhor Deus, como para um homem de alta dignidade! 18Que mais te poderia dizer David so­­­bre a honra que fazes ao teu ser­vo? Tu conheces o teu servo. 19Se­nhor, é por causa do teu servo e segundo o im­pulso do teu coração que execu­taste todas estas grandes coisas para lhas revelar.

20Senhor, ninguém é semelhante a ti, não há outro deus como Tu, con­forme ouvimos dizer com os nos­sos ouvidos. 21Haverá sobre a terra uma só nação comparável ao teu povo de Israel, cujo deus a tenha res­gatado para fazer dela o seu povo, como o fizeste, ao impores a glória do teu nome à força de prodígios es­panto­sos, e ao expulsares as nações diante do teu povo, que libertaste do Egipto? 22Fizeste de Israel o teu povo para sempre e Tu, Senhor, tornaste-te o seu Deus.

23E agora, Senhor, possa subsis­tir eternamente a palavra que pro­nunciaste acerca do teu servo e da sua casa! Faz como disseste. 24Que ela se realize para sempre, e então o teu nome será eternamente exal­tado, e dir-se-á: ‘O Senhor do uni­verso, Deus de Israel, é na verdade um Deus para Israel.’ E que seja firme, diante de ti, a casa do teu servo David, 25por­que Tu mesmo, ó meu Deus, reve­laste ao teu servo que lhe construirás uma casa. Por isso o teu servo ousou diri­gir-te esta prece. 26Agora, Senhor, Tu és Deus e prometeste esta graça ao teu ser­vo. 27Digna-te, portanto, aben­çoar a casa do teu servo para que subsis­ta para sempre diante de ti; porque Tu, Senhor, a abençoaste e bendita será para sempre.»



Capítulos

1 Cr 1 1 Cr 2 1 Cr 3 1 Cr 4 1 Cr 5 1 Cr 6 1 Cr 7 1 Cr 8 1 Cr 9 1 Cr 10 1 Cr 11 1 Cr 12 1 Cr 13 1 Cr 14 1 Cr 15 1 Cr 16 1 Cr 17 1 Cr 18 1 Cr 19 1 Cr 20 1 Cr 21 1 Cr 22 1 Cr 23 1 Cr 24 1 Cr 25 1 Cr 26 1 Cr 27 1 Cr 28 1 Cr 29