1 Cr 12

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Apoiantes de David antes de ser rei1Estes são os que se juntaram a David, em Ci­clag, quando ainda estava afastado de Saul, filho de Quis; estão con­tados entre os valentes que lhe prestaram ajuda durante a guerra.

2Eram ar­quei­ros exercitados em lançar pe­dras, tanto com a mão es­querda como com a mão direita, e dis­pa­ra­vam flechas com o arco.

Eram irmãos de Saul, de Ben­ja­mim: 3o chefe Aiézer e Joás, filhos de Chemaá, de Guibeá; Jeziel e Pélet, filhos de Azemávet; Beracá e Jeú de Anatot; 4Jismaías de Gui­beon, o mais valente dos trinta e chefe dos trinta; 5Jeremias, Jaziel, Joanan e Joza­bad de Guedera; 6Elu­zai, Jeri­mot, Baa­lias, Chemarias, Chefatias de Haruf; 7Elcana, Jisias, Azarel, Joé­zer e Ja­chobam, filhos de Coré; 8Joela e Zeba­­dias, filhos de Jeroam de Guedor.

9Os homens valentes dos gaditas uniram-se a David nas cavernas do deserto, guerreiros exercitados no com­bate, que conheciam o manejo do escudo e da lança: tinham o as­pecto de leões e a agilidade das ga­zelas das montanhas. 10Ézer era o seu chefe; Abdias o segundo; Eliab o terceiro; 11Mismana o quarto; Jere­mias o quinto; 12Atai o sexto; Eliel o sétimo; 13Joanan o oitavo; Elzabad o nono; 14 Jeremias o décimo; Macba­nai o décimo primeiro.

15Eram estes os filhos de Gad, che­fes do exército; o menor de todos eles podia vencer cem, e o mais for­te, mil. 16Foram eles que atra­ves­saram o Jordão, no primeiro mês, quando o rio costumava trans­bor­dar em todo o seu curso, e puseram em fuga to­dos os habitantes do vale, a leste e a oeste.

17Também alguns filhos de Ben­ja­mim e de Judá vieram aliar-se a David nas cavernas. 18David saiu ao encontro deles e disse-lhes: «Se é como amigos que vindes, para me prestar auxílio, o meu coração está unido ao vosso; mas se é para me atraiçoar e entregar aos inimigos – pois as minhas mãos estão limpas de toda a violência – que o Deus de nossos pais seja testemunha e juiz.»

19Então o espírito entrou em Amas­sai, chefe dos trinta, que disse: «A ti e ao teu povo, filho de Jessé, paz!

Paz a ti e paz a quantos te pro­te­gem, pois o teu Deus presta-te auxí­lio.»

David recebeu-os e deu-lhes um lugar entre os chefes do exército.

20Também os filhos de Manassés se juntaram a David quando ele, com os filisteus, foi fazer guerra a Saul. Contudo, não socorreram os fi­lis­teus porque, depois de se reu­nirem em conselho, os príncipes dos filisteus despediram David, dizen­do: «Ele pas­sará para o lado de Saul, com perigo das nossas cabeças.»

21Quando voltou a Ciclag, foram estes os homens de Manassés que se lhe juntaram: Adna, Jozabad, Je­diael, Micael, Jozabad, Eliú e Siltai, comandantes de mi­lha­res de Ma­nas­­sés. 22Uniram-se a David contra os bandos de saltea­do­res, porque todos eles eram homens valentes e foram chefes do exército. 23Todos os dias chegavam homens a David para o au­xiliar e, assim, veio a ter um gran­de exército, como um exército de Deus.


Guerreiros proclamam David rei de Israel 24Este é o número dos homens armados para a guerra, que foram ter com David, em Hebron, para transferir para ele o reino de Saul, segundo a ordem do Senhor. 25Filhos de Judá, portadores de escudo e lança: seis mil e oitocentos, armados para a guerra.

26Dos filhos de Simeão, sete mil e cem valentes guerreiros. 27Dos fi­lhos de Levi, qua­tro mil e seiscentos. 28Joia­dá, chefe da casa de Aarão, com três mil e setecentos homens. 29Sa­doc, jovem e valente guerreiro, com vinte e dois chefes da casa de seu pai. 30Dos fi­lhos de Benjamim, ir­mãos de Saul, três mil, pois até então a maior parte deles guardava fideli­dade à casa de Saul. 31Dos fi­lhos de Efraim, vinte mil e oito­cen­tos guer­reiros, conhe­ci­dos nas suas famílias pela sua va­len­tia. 32Da meia tribo de Manassés, dezoito mil, que foram nomina­tiva­mente designados para ir proclamar David como rei. 33Dos filhos de Issa­car, que tinham o sen­tido da oportu­ni­dade e sabiam o que Israel devia fazer, duzentos chefes e todos os seus irmãos sob as suas or­dens. 34De Zabu­lão, cinquenta mil em estado de pegar em armas, pre­parados para o com­bate, equipados com toda a classe de armas, prontos a socor­rer David de coração reso­luto. 35De Neftali, mil chefes, e com eles trinta e sete mil homens que levavam escudo e lança. 36Dos dani­tas, vinte e oito mil e seis­centos ho­mens pron­tos para se pôr em ordem de bata­lha. 37De Aser, homens pre­pa­ra­dos para o combate: quarenta mil. 38E, do outro lado do Jordão, dos rube­nitas, dos gaditas e da meia tribo de Manassés, cento e vinte mil, equi­pa­dos com todas as armas.

39Todos estes homens de guerra pron­tos para o combate, de coração sincero, vieram a Hebron, para pro­clamar David rei de todo o Israel. E o resto de Israel estava igualmente unânime em proclamar rei a David. 40Permaneceram ali com David três dias, comendo e bebendo, porque seus irmãos lhes prepararam a comida. 41Além disso, os que mora­vam perto deles, até Issacar, Zabu­lão e Neftali, traziam-lhes víveres transportados em jumentos, came­los, mulas e bois; provisões de farinha, figos, pas­sas de uva, vinho, azeite, va­cas e ove­lhas em abundância, por­que havia alegria em Israel.



Capítulos

1 Cr 1 1 Cr 2 1 Cr 3 1 Cr 4 1 Cr 5 1 Cr 6 1 Cr 7 1 Cr 8 1 Cr 9 1 Cr 10 1 Cr 11 1 Cr 12 1 Cr 13 1 Cr 14 1 Cr 15 1 Cr 16 1 Cr 17 1 Cr 18 1 Cr 19 1 Cr 20 1 Cr 21 1 Cr 22 1 Cr 23 1 Cr 24 1 Cr 25 1 Cr 26 1 Cr 27 1 Cr 28 1 Cr 29