Missões

Obras em Tibar

 

 

É verdade, com a colaboração do CNFPE (Centro Nacional de Formação Profissional e Emprego), foi possível começar a erguer o muro de vedação no nosso entorno a fim de cuidarmos um pouco da nossa privacidade. Na continuação do coberto já existente ergueu-se já um muro com blocos de cimento em parte da extensão prevista (uns 50 metros). Aproveitando esse muro, colocar-se-á uma cobertura de zinco (kalén) facilitando assim o arrumo de muitas coisas, além de uma pequena sala que permitirá concentrar os instrumentos musicais com uma certa segurança num mesmo espaço.

Aproveitamos para fazer de raiz uma pequena habitação, com 4 quartos o suficientemente amplos que permitam a instalação de duas camas “beliche” em cada um. Haverá um outro quarto mais pequeno, para uma pessoa apenas.

As fotos que enviamos poderão dar uma panorâmica do espaço já em fase um pouco adiantada e as marcações para a implantação do que se seguirá.

Tudo isto se tornou possível graças à colaboração da Escola Profissional. Os trabalhos são executados pelos alunos – aprendizes – orientados pelos seus monitores bem experimentados na matéria. Naturalmente, quem gosta de muita perfeição poderá notar alguns defeitos. Mas valerá a pena lembrar que quando só temos de pagar os materiais usados, pequenos defeitos, embora o sejam, terão de ser desculpados.

Convém notar que, com esta obra, embora numa zona um pouco afastada da anterior, teremos solucionado um pouco a dificuldade de alojamento. Acresce a possibilidade de, num futuro, termos as instalações necessárias para acolher os LEIGOS CAPUCHINHOS EM MISSÃO que, desse modo, terão um campo de acção mais diversificado, se assim se entender.

Que o Senhor e o Pai São Francisco nos abençoem.

[Fr. António]