Família Franciscana

Imprimir

Vontade de caminhar

fftl_outubro_2011No dia 13 de Novembro de 2011, no Centro Juvenil Padre António Vieira, em Dili, os responsáveis das Ordens e Congregações Franciscanas presentes em Timor-Leste, reuniram-se para avaliar os primeiros passos da Família Franciscana em Timor-Leste (FFTL), oficialmente (mas não juridicamente) constituída há dois anos atrás.

A reunião foi convocada pelo Presidente da Família Franciscana, frei Fernando Alberto, o qual, juntamente com a Direção eleita há dois anos e para dois anos, termina agora as suas funções. Foram 13 os participantes, representando 10 Ordens ou Congregações franciscanas, das 12 que até à data se tem conhecimento existirem em Timor-Leste.

Depois de uma breve apresentação dos participantes e da instituição que representam, fez-se uma avaliação da caminhada feita ao longo destes dois primeiros anos. Constataram-se as muitas dificuldades encontradas, nomeadamente em reunir, tanto para as reuniões da Direção como as da Assembleia Geral da Família Franciscana. Muitas das coisas sonhadas não puderam concretizar-se, mas considerou-se muito positivo o pouco que se realizou: a celebração da Vocação Franciscana com o subsídio elaborado para a celebrar cada qual nos lugares onde está; o Encontro de Candidatos no Aspirantado e Postulantado; e, embora não inicialmente prevista, a celebração dos 25 anos do “Espírito de Assis”, juntando muitos membros da Família Franciscana num encontro de Oração pela Paz, para o qual foram convidados alguns representantes da Igreja Católica e de outras Igrejas e Religiões presentes em Timor-Leste.

A avaliação da caminhada feita levou a pôr a questão do futuro da Família Franciscana em Timor-Leste. Os participantes nesta Assembleia foram unânimes em afirmar que a Família Franciscana deve continuar, consolidando sempre mais os “primeiros passos” da caminhada já feita. Assim, procedeu-se imediatamente à eleição da nova Direção para os próximos dois anos, ficando assim constituída: frei Fernando Alberto, OFMCap (Presidente, re-eleito); irmã Maria da Luz, FDP (Secretária); Irmã Helmi, FSGM (Tesoureira); irmã Theresa Martin, FHIC (Vogal); irmã Maria das Dores, CSP (Vogal).

Antes de dar por terminada esta Assembleia, marcaram-se as próximas reuniões, uma para a Direção e outra para a Assembleia Geral da FFTL. Partilharam-se ainda algumas informações e sugestões, que a nova Direção vai ter em conta ao elaborar o plano de actividades para os próximos dois anos. Espera-se um maior empenho de todos para a sonhada consolidação da Família Franciscana, neste país onde o “Irmão Sol” nasce primeiro, mas não se esconde sem ter deixado “a imagem do Altíssimo” no coração daqueles que são chamados a semear nesta terra a PAZ e o BEM.