Capuchinhos

Profissão Perpétua do fr. Aventino

 

Deixa a tua terra, a tua família e a casa de teu pai,

e vai para a terra que Eu te indicar”(Gn 12,1)

 

No ano de 2003 a Província Portuguesa dos Franciscanos Capuchinhos começou a ter uma presença missionária em Timor Leste (Laleia e Tibar), tendo como principal objectivo a implantação da Ordem Capuchinha naquela nação. Depressa vários jovens timorenses se deixaram cativar pelo seguimento de Jesus, ao jeito de S. Francisco de Assis. Um desses jovens foi Aventino Alves Gusmão, filho de Cornélio da Silva Gusmão e de Vitória Correia, nascido a 20 de Abril de 1985 no distrito de Viqueque, Diocese de Baucau (Timor Leste).

Fr. Aventino começou a sua experiência vocacional franciscana em Laleia. E após ter feito o Aspirantado, Postulantado e Noviciado, fez a sua Profissão Temporária na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos a 15 de Agosto de 2011,em Timor Leste. Os 6 anos seguintes foram passados em Portugal, nomeadamente na Fraternidade do Porto. Frequentou os estudos teológicos na Universidade Católica do Porto e algumas disciplinas na área Filosófica, na Faculdade de Letras do Porto.

 

 

A 02 de Julho, na Igreja da Imaculada Conceição dos Capuchinhos do Amial, na Eucaristia solene das 11h30, fr. Aventino fez a sua entrega definitiva e para toda a vida à Vida Consagrada e Evangélica. Presidiu à celebração fr. Fernando Alberto, Ministro Provincial da Província Portuguesa dos Irmãos Capuchinhos, a qual foi animada pelos Posnoviços e grupos corais da Paróquia do Amial. De realçar ainda a presença de muitos timorenses.

 

 

No final da celebração, seguiu-se o almoço e convívio.

E como dizia São Francisco de Assis no Testamento “O Senhor me deu irmãos”. Alegremo-nos também nós no Senhor por este irmão capuchinho que o Senhor nos deu.

 

fr. Manuel Pires