Capuchinhos

Imprimir

Tertúlia com D. Joaquim Lopes

sinodo2008_calharizbenfica_gdOs trabalhos da XII assembleia geral ordinária do Sínodo dos Bispos chegaram ao fim no Sábado, dia 25 de Outubro, com a votação e aprovação do elenco final das propostas que foram apresentadas ao Papa Bento XVI. Dom Frei Joaquim Ferreira Lopes, Bispo de Viana - Angola, delegado da Conferência Episcopal Angolana ao Sínodo, na noite de Terça-Feira, dia 28, numa tertúlia que reuniu cerca de 50 paroquianos, via sms (mensagens de telemóvel), fez uma interessante comunicação sobre o mesmo Sínodo. Ficámos a saber que o documento final, dividido em 55 pontos, vai servir como base para a redacção da exortação apostólica pós-sinodal, por parte do Papa, documento com o qual é oficialmente encerrado o Sínodo.

Entre os muitos assuntos abordados, foi dito que uma das proposições é que a Sagrada Escritura ocupe um lugar visível nas Igrejas e que o papel dos leitores seja estudado e aprofundado, olhando também para as novas técnicas da comunicação e para o uso de instalações sonoras adequadas.

Uma palavra especial é deixada ao papel da mulher, não só na família e na catequese, mas também na proclamação da palavra bíblica. Neste contexto, deseja-se que "o ministério instituído de leitor (até agora reservado aos homens a caminho do sacerdócio), seja aberto também às mulheres, para que na comunidade cristã seja reconhecido o seu papel de anunciadoras da Palavra".

E entre um copo de chá e uns biscoitos a conversa alongou-se até às 23h15. Obrigado D. Joaquim!